O que não é orgânico é o que?

Todas as vezes que eu ouço alguém falando de alimento orgânico, ou que vejo um tomate bonitão com a etiqueta de “alimento orgânico” eu tenho calafrios. Não por causa dos alimentos orgânicos em si, mas por causa do que esse termo indica: os alimentos não-orgânicos.

O que são alimentos orgânicos?

Fresh vegetables in a basketDe acordo com a lei brasileira (que você pode ver aqui ) os alimentos orgânicos são aqueles produzidos sem a utilização de agrotóxicos, transgênicos ou químicos. Com um detalhe importante: “processados ou não”. Ou seja, alimento orgânico é todo alimento que não foi adulterado pelo ser humano e nossa mania (zuada, devo dizer) de mudar tudo. O alimento orgânico, para ser orgânico ainda pode ser processado, ou seja, pode passar pelos processos industriais de embalamento que envolvem vários químicos para esterilização e conservação. Desde que ele tenha sido plantado de forma orgânica tá valendo quase tudo.

É claro que é mais saudável comer orgânicos, não me entendam errado, minha cruzada não é contra o alimento em si, mas contra um pensamento corrente de que o orgânico é a solução da crise alimentar que vivemos, ou de que o alimento orgânico é 100% correto politicamente. Há, na plantação orgânica, uma série de variáveis que quase não vejo ninguém discutindo. O uso da monocultura sem a variação de plantio, por exemplo, é um risco para a terra, mesmo que não se usem agrotóxicos. Os sistemas de distribuição de renda dos alimentos orgânicos, que envolvem produções familiares pequenas que se unem em cooperativas para conseguir produzir o suficiente, é outro ponto sobre o nosso atual consumo de orgânicos que eu não vejo ser discutido com tanta frequência.

Mas nenhum desses tópicos é o meu ponto principal aqui, o meu ponto principal é que o termo “alimentos orgânicos” é utilizado pela industria da publicidade como um diferencial de produto, um atributo extra que uma processadora de alimentos pode usar para aumentar o valor cobrado (a diferença no valor de produção e compra das grandes empresa é quase ridícula) e, portanto, aumentar o lucro. A pergunta que me fica é simples: se existem alimentos orgânicos e se eles são mais caros, o que são os alimentos não-orgânicos? São sintéticos?

Até onde eu aprendi todo alimento é, ou deveria ser, orgânico! Quando deixou de ser orgânico, deveria deixar de ser alimento, certo? Afinal a gente não come plástico, vidro e metal!

Por fim, só para evitar polêmicas desnecessárias, eu não estou dizendo que devemos viver só de orgânicos, isso é difícil para quem tem dinheiro e quase impossível para quem não tem, o que estou dizendo é que se consumir orgânicos se tornou um privilégio em nome da saúde, acho que devemos repensar nos critérios que usamos para decidir o que é comida enquanto sociedade!

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s